Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011
Educação
Abaixo o bullying homofóbico
Psicólogos aprovam material contra homofobia nas escolas.
por Redação MundoMais

Enquanto há homofóbicos que reprovam o material sobre LGBTs do Ministério da Educação sem ao menos tê-lo visto, o Conselho Federal de Psicologia analisou-o e deu parecer favorável à sua utilização nas escolas.

Mesmo sem data para chegar aos colégios de ensino médio do país, o kit – formado por vídeos, guia de orientação para o professor e cartilhas – foi criticado em apresentação prévia na Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. Agora, o Conselho Federal de Psicologia entrou na discussão em defesa do material.

Dentre as razões apresentadas para a defesa está a importância do kit para enfrentar o bullying homofóbico e a possibilidade de pais, alunos e professores aprenderem a respeitar LGBTs com a ajuda dos vídeos e textos que integram a ação ministerial.

Uma comissão de psicólogos e especialistas avaliou o material para analisar a qualidade técnica, didática e pedagógica dos vídeos e textos e a adequação do conteúdo à faixa etária do público que o receberá. A previsão é de que 6 mil colégios tenham acesso ao material este ano. Para o CFP, os filmes e livretos que abordam conflitos de adolescentes em relação à sexualidade têm linguagem correta para os alunos que serão alvos do projeto e trata de forma cuidadosa os temas.

“Representa material de vanguarda, pois são instrumentos de capacitação e formação continuada para o próprio professor. O kit reforça a atenção e cuidado com os temas transversais da educação nas relações de ensino-aprendizagem, como no caso do respeito à diversidade sexual”, diz o relatório. A entidade diz que faz parte do compromisso profissional de qualquer psicólogo contribuir para reflexões sobre preconceito e o fim de discriminações sexuais.

O texto de cinco páginas começa justificando a importância da discussão do tema nas escolas, que têm a responsabilidade de formar cidadãos éticos e que respeitem as diferenças, segundo os psicólogos. “A discussão principal sobre o tema refere-se à necessidade de tratar preconceitos e discriminações que refletem uma violência (verbal, simbólica) reverberando nos espaços de convivência escolar”, afirma o texto.

De acordo com os psicólogos, faltam instrumentos de qualidade para que professores e orientadores trabalhem o tema em sala de aula. A iniciativa, para eles, é positiva. A entidade sugere ainda que outros setores, como redes sociais, desenvolvam projetos semelhantes para combater o preconceito.

O material foi elaborado em parceria com a Pathfinder do Brasil; a Reprolatina - Soluções Inovadoras em Saúde Sexual e Reprodutiva; e a ECOS - Centro de Estudos e Comunicação em Sexualidade e Reprodução Humana (São Paulo-SP), e conta com o apoio da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT); da GALE – Global Alliance for LGBT Education, e da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT do Congresso Nacional.

Facebook do MundoMais
Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (30)
flávio21/02/2011 3:43
flávio21/02/2011 3:43
Po eu vi um CINCERAMENTE, juro com CCCCCCCCC, e ainda quer opinar!!! falar de orar, ah mobral viu!!! realmente tem que acabar com o bullying pra que algumas pessoas não saiam da escola sem ao menos ter aprendido a ler e escrever.
Jhonny20/02/2011 18:55
Jhonny20/02/2011 18:55
Isso de todo mundo querer sexo banaliza pow.... quando alguem se refere a um homossexual pensa logo em pornografia esse eh o problema... antes duvidada mas tenho quase certeza que pode existir sim amor ente dois homens!!
le petit20/02/2011 14:49
le petit20/02/2011 14:49
no fundo no fundo todo mundo quer sexo quer transar kkkkkkkkk
AHAROM AVELINO DF19/02/2011 19:31
AHAROM AVELINO DF19/02/2011 19:31
o bullying homofóbico é muito forte na escola.Trato do assunto em meu livro AMORES POSSÍVEIS (lançamento em março pela ed Multifoco), como digo no livro: para um jovem homossexual, a escola pode ser um campo de guerra. E como professor, já presenciei coisas absurdas até por parte de colegas. Toda ajuda é bem-vinda. Luz e paz.
Carlos Nunes para Wagner19/02/2011 12:41
Carlos Nunes para Wagner19/02/2011 12:41
Cinceramente oro internamente muito a Deus que ilumine a mente das crianças kkkkk depois dessa, espero q vc ore muito por ti kkkkkkkkkkkkkkk
Wellington18/02/2011 15:53
Wellington18/02/2011 15:53
Como tudo que aborda o tema sobre "Gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais" o material vai ser sim tema de muita discussão. Mas tomara (e eu, particularmente acredito) que isto abra os olhos da sociedade para as diferenças e que podemos conviver juntos. Acho importante agirmos positivamente ao invés de ficarmos criticando. Pois se for aprovado e circular nas escolas é um momento único na educação de nosso país.
Luciano17/02/2011 15:51
Luciano17/02/2011 15:51
Se os pais não sabem educar seus filhos para serem homens de bem, espero que as escolas cumpram esse papel. No fim das contas, os pais relapsos deveriam agradecer às escolas por tentarem impedir que seus filhos venham a ser outros marginais espancadores de gays, como os marginais da Avenida Paulista. Nossa luta contra esse mal segue. Educação na luta contra a homofobia é tudo.
Igor17/02/2011 15:36
Igor17/02/2011 15:36
Eu não ví material nenhum, mas quando isso chegar as escolas vai dar o que falar, com certeza vai sair no Fantastico, mas a iniciativa é muito boa e com a aprovação do MEC melhor ainda.Já que tem projetos para serem aprovados a nosso favor na camara que nos permite casar, adotar e criminalizar homofobia, então é preciso mesmo fazer um trabalho de base pra completar de vez a nossa emancipação .
Volta Seca16/02/2011 23:34
Volta Seca16/02/2011 23:34
Mesmo entre os psicólogos, profissionais que deveriam defender o ser humano, ajudando-o a ter uma saúde emocional satisfatória, há muitos preconceituosos. Infelizmente. Parabéns ao Conselho Federal de Psicologia. Mostra como uma entidade classista pode fugir ao conservadorismo e auxiliar seus pares a ver o ser humano, acima de tudo, e não apenas gente com essa ou aquela característica de personalidade.
Wagner16/02/2011 22:20
Wagner16/02/2011 22:20
Olha, de todo meu coração devo confessar que fico muito, mas muito magoado, triste, contrariado e desinludido ao ver cometarios como os da maioria abaixo. Simplesmente agem exatamente como os que nos apedrejam:agem com hipocrisia e discriminação. As criticas a foto do beijo entre dois meninos foi a gota pra mim, como vamos poder ser felizes um dia se nós mesmos não procurarmos pensar ou analisar as coisas de forma diferente dos ditos "conservadores". Como cobrar de alguém algo que nem nós cumprimos. Cinceramente oro internamente muito a Deus que ilumine a mente das crianças de hoje que serão os gays de amanhã, para que tenha a oportunidade de serem e pensarem diferente desses hipócritas e possam cultivar o respeito e a compreensão e um dia colher a felicidade.
pablo16/02/2011 20:53
pablo16/02/2011 20:53
olha o preconceito e discriminação ja começa pela foto, o acusado que é gueisinho é mostrado perfeito e o outro que homofobico a imagem está opaca, pode isso?
odilon16/02/2011 20:42
odilon16/02/2011 20:42
pra que esconder todo mundo sabe se vc eh gay ou naum kkkkkkkkkkkkkkkk
nada a ver 16/02/2011 18:15
nada a ver 16/02/2011 18:15
nada haver criticar a foto puro preconceito! quer dizer que se tivesse um menino e uma menina se beijando a foto era considerada normal.
Felippe16/02/2011 17:08
Felippe16/02/2011 17:08
Horrivel a foto escolhida. Daqui a pouco vao colocar foto de um velho beijando na boca uma criança.
wagner16/02/2011 16:50
wagner16/02/2011 16:50
Querem apostar quanto que ainda vai aparecer um imbecil que não sabe onde está o próprio nariz querendo contradizer as autoridades máximas no assunto: psicologos?
Paulo 16/02/2011 16:33
Paulo 16/02/2011 16:33
Que os pais conservadores coloquem fogo...que o material chegue a chocar os mais religiosos. Não é nada sutil sofrer bulling, então que seja um material realmente claro e objetivo, sem meias palavras ou historinhas "sutis". Que apenas a minoria leve o material a sério, já a melhor que do 100% fazendo de conta que o preconceito n existe.
Galdin16/02/2011 14:16
Galdin16/02/2011 14:16
Para quem criticou meu ponto de vista, vale lembrar que o material não é para NÓS GAYS, que estamos acostumados com o tema, se bem que estar acostumado com o tema não significa que saibamos lidar com ele. Racionalizando e exemplificando: uma mãe que tenha recebido "instruções" em sua religião sobre o material, com os piores adjetivos possíveis a respeito, aguardará apenas que o filho chegue em casa para "confiscá-lo" e em seguida doutrinará seu filho do "erro" que é o comportamento homossexual. O material será inutilizado não conseguindo ter sua finalidade atingida. Para aqueles que acham que não é isso que vai acontecer com a maioria esmagadora dos materiais, digo: saiam de seus mundinhos fashion, saiam de seus guetos gays, saiam de seus sites voltados para homossexuais e venham para o mundo real, pois é isso que acontece. E realmente lamento que existam homossexuais que não respeitam pontos de vista que difiram dos seus. Como o "satã" do Malafaia fala, o povo mais preconceituoso e intolerante é o homossexual.
Para a 15/02/2011 22:51
Para a 15/02/2011 22:51
Olha, já vi gente manipulá-vel, porem, mais do que esse Galdin esta para nascer (já li outros comentários dele nesse site). Leves e sutis devem ter sido seus pais na hora de darem a você uma educação que leve a formulação de pontos de vista, próprios. Digo isso porque na hora de apanharmos nas ruas e escolas, niguém é leve e sútil conosco. Portanto, ao postar esse comentário você só nos deixa claro ser um reprodutor de discursos, e pior, discursos que partem de pessoas que lutam contra nossos direitos. É uma pena que ainda existam pessoas como você em nossa sociedade. Quanto ao material, esta excelente para um primeiro passo, assim como as fotos. Só acho estranho as pessoas não reclamarem e nem acharem apelativas as fotos de menininhos e menininhas se beijando. Isso pode né!! Esta vendo como até mesmo os gays reproduzem preconceitos e discursos disfarçados... CUIDADOOOOO
Di SC15/02/2011 2:03
Di SC15/02/2011 2:03
Hnn ótimo o material ser aprovado pelo CFP, eu acredito que mesmo nós sendo gays temos preconceitos incrustrados, afinal crescemos em uma sociedade paternalista, por isso qndo vemos essas imagens ficamos meio que "nossa mas isso vai pras escolas?" Eu penso que deve ir sim, pq é assim que acabaremos com o preconceito, mostrando que é NATURAL e nada de anormal, e que de fato ñ é. Ótima iniciativa.
Paulinho BSB15/02/2011 0:21
Paulinho BSB15/02/2011 0:21
Concordo plenamente com o Galdin. O material educativo deve motrar com naturalidade e de forma sutil, tomando cuidado para não ficar vazio de símbolos LGBTS discriminados. Ir com sede demais ao pote, tem tudo pra desencadear reações de rejeição. Os pais simplesmente podem desmoralisar a escola, desmentindo em casa e até mesmo exigirem que se recolha o material. É claro que seriam atendidos, se forem maioria, né? Mas pode ser tbm que as reações sejam mais positivas que as esperadas. Mas acho mais inteligente não apelar para o choque. Não vi o material, mas acho certos tipos de cenas quentes inadequadas. Até a questão do banheiro pode ser trabalhada, mas de forma sensível, não apelativa e educativa, principalmente na TV. Afinal, são tantas as situações em que alguém pode sentir-se desrespeitado, né? E convenhamos, o negócio tá mesmo muito depravado. Não se pode mais levar uma criança em certos banheiros, que deveriam servir a toda a comunidade e virou ponto de putaria gay. Acho que caimos mais uma vez na questão do armário. Talvez a maioria de nós, mesmo assumidos, de alguma forma não saímos completamente dele e os banheiros viraram mais um tipo de gueto gay de fácil acesso. Bjs!
Rapaz ker kasar15/02/2011 0:00
Rapaz ker kasar15/02/2011 0:00
é sério? isso vai mesmo pras escolas? já ta decidido? Não estou acreditando q seja real... q coisa boa...
Luciano14/02/2011 22:51
Luciano14/02/2011 22:51
A Rozângela Justino vai adorar a notícia. Adoraria ver aquela cara de múmia com raiva disso.
Galdin14/02/2011 22:49
Galdin14/02/2011 22:49
Tive acesso ao material e não acredito que "chocando" os conservadores é que vamos conseguir mudar suas mentes. O material será distribuído nas escolas e muito provável é que os pais o subtraiam. Acredito que a linguagem poderia ser mais "leve" e sútil.
Sou gay14/02/2011 22:27
Sou gay14/02/2011 22:27
Refiro-me à foto com dois menininhos se beijando, não esta. Havia visto uma outra antes de escrever tal recado.
Sou gay14/02/2011 22:26
Sou gay14/02/2011 22:26
Sou gay, apenas não concordo com a foto da reportagem, isso é ridículo e dá muito respaldo pra um processo bem substancial. CUIDADO!
Rafaela14/02/2011 18:24
Rafaela14/02/2011 18:24
QUANDO EU ERA PEQUENINA JAH ME ACHAVAM DIFERENTE POIS EU TINHA MUITO FOGO QUE PARECIA SER INEXISTENTE, EU SÓ BRINCAVA DE BONECA DIA E NOITE SEM PARAR, BAMBOLE, PIQUE ESCONDE, PEGA PEGA, HOJE EM MINHA JUVENTUDE MUITA COISA TEVE QUE MUDAR POIS A INFANCIA JAH PASSOU AGORA EH TEMPO DE FECHAR, EM MEU ROSTO MAQUIAGEM NO MEU CORPO PURPURINA MEU PAI ME CHAMA DE MULEKE MAIS EU SOU UMA MENINA, TEXTO DA LEO KRET
beto14/02/2011 17:41
beto14/02/2011 17:41
muito bom. ótima iniciativa.
Duwa Tavares14/02/2011 16:35
Duwa Tavares14/02/2011 16:35
Que chegue logo nas nossas escolas.
Sergio14/02/2011 16:34
Sergio14/02/2011 16:34
Fico feliz em saber que foi aprovado pelos psicólogos, ja assisti algumas discussões sobre o assunto em programas e tv e confesso que achei que não fosse dar certo, tamanha a vontade das pessoas em nos limitar. Creio que esse material é de muita importancia para que principalmenteos pais e professores aprendam a tratar o assunto de forma correta dentro de suas casas e salas de aula.
14/02/2011 15:43
14/02/2011 15:43
PRIMEIROOOOOOOOOOOOOOOOO
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

LEIA TAMBÉM
LEIA MAIS
22/07/2014 NOTíCIAS » Como podemos (e devemos) agir diante de uma traição? Descubra!
22/07/2014 CINEMA » Pai da computação (e gay) ganha filme em que mostra genialidade na 2ª Guerra Mundial.
21/07/2014 NOTíCIAS » Marcelo Adnet faz sátira e exibe primeiro beijo hétero em novela gay.
21/07/2014 NOTíCIAS » Modelo canadense chama atenção pelo belo corpo e rosto tatuados. Vem ver!
18/07/2014 NOTíCIAS » Macedônia aprova lei que proíbe o casamento gay.
18/07/2014 SAúDE » Entenda como o aeróbico em jejum (AEJ) pode ajudá-lo a emagrecer.
17/07/2014 NOTíCIAS » Ex-Menudo aparece bombado e cantando Madonna em vídeo viral. Vem ver!
17/07/2014 NOTíCIAS » Jogador de rúgbi suspenso por homofobia tem encontro com time gay.
Twitter
Facebook
© Copyright 2013 MundoMais. Todos os direitos reservados.