Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2011
Não é fácil ser transexual
A modelo brasileira Lea T dá entrevista ao programa Fantástico e fala das dificuldades em ser transexual.
por Redação MundoMais

Transexual brasileira Lea T. durante desfile na São Paulo Fashion WeekTransexual brasileira Lea T. durante desfile na São Paulo Fashion Week

Em entrevista para o programa Fantástico ontem (20), a modelo transexual brasileira Lea T falou sobre sua infância e disse que mesmo se sentindo menino, sempre gostou de brincar com as bonecas da irmã e amarrar camisetas na cabeça para fingir um cabelo longo.

"Gostava de mexer nas bonecas da minha irmã. Eu era afeminado, mas não percebia, era uma coisa natural", afirmou. Filha do ex-jogador de futebol Toninho Cerezo, a modelo decidiu abrir o jogo com a família depois de passar por psicólogos e ter a certeza de que queria iniciar o processo de transexualidade. "Houve muito choro. Meu pai mudou muito. Em coisas que ele era mais duro comigo, ele se tornou mais doce".

Apesar de hoje ser bem sucedida e sua identidade de gênero não atrapalhar sua carreira, Lea T. revelou que não existe lado bom em ser transexual. "Sou penalizada em tudo. Não é uma coisa gostosa. É remédio, terapia, preconceito. Mas tenho minha vida sem pensar nisso, tenho meus momentos de felicidade".

Na última quinta-feira (17), Lea contou à apresentadora Oprah Winfrey como faz para esconder o pênis durante sessões de fotos.

Como esconde seu pênis?”, questionou Oprah. “Boa pergunta, todo mundo quer saber isso, especialmente os homens. É bastante desconfortável, mas melhora com o tempo. Tenho que colocá-lo para trás e usar uma calcinha pequena, mas realmente não é confortável, especialmente quando sento”, explicou.

Na próxima quinta-feira (24), o GNT exibe a entrevista no programa The Oprah Winfrey Show em um horário extra, às 23h. Assista em primeira mão no YouTube, em inglês.

A modelo, caso consiga autorização judicial, deve passar por uma cirurgia em março, na Itália, para a retirada do pênis. “Sei que vai ser dolorosa tanto física quando emocionalmente”.

Abaixo a entrevista dada para o programa Fantástico.

Facebook do MundoMais
Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (21)
daniela travesti13/11/2011 2:49
daniela travesti13/11/2011 2:49
sou travesti tnhu proteses e cilicone sou traveco nao sou um viadinhu q bota roupade munher rsrsrrsrsr
CRIAÇÂO DE UM PARTIDO POLÍTICO LGBT Para que não hajam mais e maiores frustrações da comunidade, já é bom irem pensando em partido próprio, ora que tal? Demorou, né? Prometo dar meu maior rrrrrrraaaapoio. Mas saibam vocês, que não é tudo o que eu tenho para dar, tenho muito,mas muito mais mesmo. E como símbolo, o peru. Claro tem tucano porque não pode ter peru? Tem partido evangélico, porque não pode ter partido gay? Toni, vamo ver aí, menino!!!...As próximas eleições??? Já estou preparando os santinhos.Tem até música própria. Faixas exclusivas e tribuna, não é chique no úrtimo? Podemos até escolher a quem daremos alianças e a quem denegar coligação. Mas olha, Toni, nada de neopotismo, nada de fisiologismo, e sem tergiversar.E sim tudo como o preto no branco ou o contrário disso e muita ética. Não pretendo ser presidente , porém como secretário geral eu aceito meu nome.Quer o nome? Peçam as comentaristas deste e de outro sites do gênero que os amigos irão sugerir muitos. Abraços.
CÁSSIO09/03/2011 1:20
CÁSSIO09/03/2011 1:20
O que achei mais "estranho" na entrevista ao Fantástico foi como a notícia da cirurgia de readequação sexual foi recebida pela família. Lógico que eu não estava lá e estou aqui comentando sobre o que percebi na fala da Lea. Acho meio contraditório uma família chorar ao saber que um de seus filhos vai ser "melhor". Não entendi: sou gay, e não trans ou travesti, mas acho que deve ser muito mais difícil para uma família aceitar que um menino se veste de menina do que, quando essa menina vai se "livrar" de algo que a incomoda, vem revelar essa notícia. Outra coisa que me causou estranhamento: foi muito rápida (passe de mágica?) a aceitação do Toninho Cerezo sobre a readequação. Tem algo meio esquisito no ar. Combina com essa passagem da entrevista a frase mais idiota que a humanidade pôde criar: E TODOS FORAM FELIZES PARA SEMPRE! No mínimo, muito estranho ou muito mal contada essa parte da história.
CÁSSIO09/03/2011 1:11
CÁSSIO09/03/2011 1:11
A Lea tem um rosto muito bonito e muito marcante. Mas a tristeza no olhar dela é muito aparente. Mesmo sorrindo ela me parece alguém muito infeliz. Acho que a visão dela sobre si mesma, na condição de transexual, é muito amarga. Concordo que a vida das trans não deve ser um mar de rosas, assim como a vida de qualquer gay também não é. Só que ela deveria se sentir uma privilegiada e erguer a cabeça. Afinal, não são todas as trans que são as tops do SPFW. Isso já seria motivo mais que suficiente para um sorriso um pouco mais aberto.
rafael24/02/2011 19:10
rafael24/02/2011 19:10
Fico muuuito feliz ao saber que existe esse lado de Vitória para as Trans, trabalhar para o Mundo da Moda e ser reconhecida pela beleza e profissional. Espero que muitas áreas abram os olhos para os seres humanos que merecem todas as chances, pois, independente da sexualidade estamos todos no mesmo barco !
Heros23/02/2011 16:54
Heros23/02/2011 16:54
Mais uma mooooorta de inveja do sucesso da outra (???.
brazil23/02/2011 15:23
brazil23/02/2011 15:23
belisssima....arrasou no SP FASHION WEEK ....desembamcou a do BBB 2011 da rede globo...a intrevista no tv americana ....inglêns fluentemente....
???23/02/2011 14:50
???23/02/2011 14:50
viado feio e sem sal,sua entrevista foi deprimente demais, sua voz nem se fala, tá na cara que a senhora é uma bicha, falta muito pra senhora ser uma mulher viado.
roberta23/02/2011 11:47
roberta23/02/2011 11:47
arrasa lea,maravilhosa,nota 10
Heraldo Beber Salles23/02/2011 11:06
Heraldo Beber Salles23/02/2011 11:06
O, Realista, deixa de ser invejosa, bicha!
TEDDY M. BROWN23/02/2011 0:38
TEDDY M. BROWN23/02/2011 0:38
Incrivel como o ser humano tem conceitos pra tudo e pra todos !!! O KAKA por exemplo é um desses, acredito que deva ser um ser totalmente resolvido em todas as dimensões humanas, parabéns!!! Acredito que ele ( KAKA ) não sofra nenhum tipo de preconceito e que viva naquela estrada de tijolos amarelos!!! Cuidado para não sair dessa estrada heim queridoooooooo!!!!! ACORDA ALICE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Kaka22/02/2011 22:02
Kaka22/02/2011 22:02
p/ Duda: tive a preocupação neste comentário em relação a Lea T quanto a retórica, achei que voltaria p/ mim coisas ofensivas, mas não; obrigado pelo esclarecimento e entendimento...beijos....agora se tiver um tempinho bem curto explica p/ Cristiane f se ela sabe quem foi CRISTIANE F...depois me fale...ah! se ela responder que não, peça a ela ler o livro, talvez ela aprenda a respeitar a memória das pessoas....
Neno SP 22/02/2011 20:12
Neno SP 22/02/2011 20:12
Eu imagino que seja dificil a vida das Trans . É bom que o assunto tenha essa visibilidade para que , pelo menos , diminua um pouco o preconceito . Parabens , mesmo .
vai toma no cú22/02/2011 18:00
vai toma no cú22/02/2011 18:00
ou é gay homem ou não é ! Transexual .. Coisa mais escrota ! ECAAAA ...
Jeff 22/02/2011 15:43
Jeff 22/02/2011 15:43
Não acho que ela seja revoltada nem mal humorada ela apenas tá mostranado a realidade da transexual no Brasil.
realista22/02/2011 12:08
realista22/02/2011 12:08
afff bixa feia, revoltada mau humorada kkk isso é modelo de que? modelo de baixa auto estima.. nem com o empurrão do amigo a bixa é feliz. Aff. tem muito travesti de esquina que é mais feliz que essa aguada sem graça.
Bruno22/02/2011 9:47
Bruno22/02/2011 9:47
ALGUÉM POR FAVOR LEGENDE A ENTREVISTA DA LEA NA OPRAH!!! RÁPIDO, GENTE, RÁPIDO... Chorando horrores já.
Gustavo Delamarques22/02/2011 1:13
Gustavo Delamarques22/02/2011 1:13
Parabéns Lea!!! você é uma vencedora, fiquei super-emocionado ao ver sua entrevista, isso mostra estatisticamente que os transsexual é visto aos olhos de anormais preconceituosos como uma aberração, até mesmo dentro do mundo gay, existe preconceito aos transsexuais. Nem todo ser humano é igual, graças a deus. pessoas como eu tem apoiado todo grupo gay, seja homossexual, bissexual e trangeneros. espero que com a lei PL 122-06 seja aceita para que todos nós tenhamos direitos e apoio afetivos de entidades GLBT e familiares que são a favor, lutando para finalizar e punir todos os homofóbicos.
cristiane f22/02/2011 0:44
cristiane f22/02/2011 0:44
adoreii ela tem mais que fazer a mudança de sexo
Duda22/02/2011 0:26
Duda22/02/2011 0:26
Querido Kaka vc falou que ela tem muitos conflitos existenciais eu sou transexual e sei que nao e nada disso ela e apenas realista ela poderia estar se gabando de ser a unica transex top na midia internacional mais nao esta ai firme contando sobre a vida dificil de sermos transexual nao sao conflitos existenciais e apenas a realidade em que vivemos com tanta hipocresia e preconceito
Kaka21/02/2011 22:30
Kaka21/02/2011 22:30
...linda! vi a reportagem dela ontem no Fantástico...inteligente, bem criada, educada, cabeça no lugar, mas com muitos conflitos existenciais...
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

LEIA TAMBÉM
LEIA MAIS
24/04/2014 NOTíCIAS » Comissão retira trecho contra discriminação de gênero e sexual do PNE.
24/04/2014 NOTíCIAS » Nova York inaugura escola de boxe exclusiva para gays.
23/04/2014 NOTíCIAS » Casal gay francês de fotógrafos provocam conservadorismo, erotizando figuras religiosas.
23/04/2014 NOTíCIAS » Luis Miranda viverá transex mãe de Lázaro Ramos em próxima novela da Globo.
22/04/2014 NOTíCIAS » São Paulo e Tóquio abrem calendário de paradas gays pelo mundo.
22/04/2014 MúSICA » Novo CD da Madonna já está pronto e terá capa fotografada esta semana. Saiba mais!
21/04/2014 NOTíCIAS » Portaria garante visita íntima para presos gays e determina que travestis sejam levadas para cadeias femininas.
21/04/2014 NOTíCIAS » A nova coleção da W FOR UP está cheia de atitude e super moderna. Vem ver!
Intima Cor
Pedro
Lauro
Eric
Twitter
Facebook
Orkut
© Copyright 2013 MundoMais. Todos os direitos reservados.