Sexta-feira, 13 de Maio de 2011
Uganda adia votação
O deputado David Bahati, relator do projeto de lei, não conseguiu realizar a votação nesta sexta.
por Redação MundoMais

UGANDA - Um polêmico projeto de lei que pretende instituir, entre outros, a pena de morte para homossexuais, pode ser votado na próxima semana, segundo afirmou nesta sexta-feira o deputado David Bahati, promotor da legislação e membro do partido governamental Movimento de Resistência Nacional (NRM).

A orientação sexual homossexual já é considerada crime no país africano, embora as punições ainda não cheguem ao extremo de enviar os infratores para o corredor da morte. Depois de muita pressão de grupos ativistas - foi criada, na internet, uma petição contra a Lei - e da própria comunidade internacional, porém, o Parlamento ugandense deixou de votar o projeto nesta sexta e resolveu adiá-lo para a próxima semana.

Não há emendas ou mudanças possíveis que possam justificar a aprovação deste odioso projeto, disse o porta-voz do Departamento de Estado americano, Mark Toner, ao condenar a possível lei.

O projeto de lei chegou a entrar na agenda da Câmara de Uganda, previsto para ser votado ao final da sessão, mas ela acabou não sendo debatida por falta de tempo e de parlamentares, segundo Bahati. Não a debatemos hoje porque não há gabinete, disse. Segundo ele, a legislação não pôde ser discutida porque o Parlamento não pode tratar de nenhum assunto sem um Governo legalmente ativo.

O presidente do país, Yoweri Museveni, foi reeleito em 18 de fevereiro para outro mandato de cinco anos, após 25 anos no poder, mas ainda não designou oficialmente seu governo. Na quinta, ele jurou o cargo, mas ainda tem que reformar as estruturas do governo.

O projeto de lei foi apresentado originalmente em 2009, e contemplava endurecer as penas para os homossexuais do país com a prisão perpétua, ou até pena capital em alguns casos, quando o envolvido fosse soropositivo. Em março, o governo havia refutado o projeto por considerar que já havia, na legislação vigente, espaço que tratasse da homossexualidade como crime.

Em 26 de janeiro, o ativista gay David Kato foi assassinado em sua casa na cidade de Mukono, a 24 quilômetros ao leste de Campala. À imprensa, o porta-voz americano Toner, declarou que tanto o presidente Barack Obama como a secretária de Estado Hillary Clinton expressaram publicamente que a proposta é "inconsistente" com "os padrões e obrigações universais em direitos humanos".

Para votar contra a lei, CLIQUE AQUI.
Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (10)
drawot@ig.com.br15/05/2011 21:09
drawot@ig.com.br15/05/2011 21:09
o racismo em uganda deve ser o contrário do que se vê por aqui... lá, dos negros sobre os brancos. o cara é negro e nunca deve ter sentido o que é discriminação!!!. deve ser por isso que apresenta um projeto desqualificado como esse. ou então é um enrustido,
Ander15/05/2011 20:52
Ander15/05/2011 20:52
Isso é uma vergonha!!!! Nessas condições jamais haverá melhora nesse país já que o conceito é ultrapassado, ridículo e desnecessário... há tantas coisas para se procupar como a fome, pobreza, miséria.... foi se preocupar com a orientação!
Rodrigo14/05/2011 14:01
Rodrigo14/05/2011 14:01
Pois é, fazer o que não é minha gente. Deixa ele, o país dele vai acabar sem um africano vivo, pois se for matar todos os gays, ficará sem povo para trabalhar, e sem povo para gerar impostos, sem mencionar que continuará um país pobre, pobre em tudo, e agora pobre em conceitos. Tenho dó de quem elaborou a lei, eu acho que a ONU deveria embargar este país, proibindo a venda de produtos para eles, ou que outros países comprem seus produtos. Se for matar ainda os que tem Aids, ai que o bicho pega, o maiores índices de Aids vem da Africa e o pior, entre os heteros... Fazer o que, preconceito é feio, mas, eles não ligam para isso. Logo quem, eles que sofrem preconceitos de países ricos.
Rio14/05/2011 11:59
Rio14/05/2011 11:59
Ele desconhece a história do povo negro. Pois, jamais estaria se mostrando desse tipo. Já pensou de voltassemos ao passado? Por favor...
pedro carioca14/05/2011 11:04
pedro carioca14/05/2011 11:04
Pessoal, pelo amor de Deus, Cade a PORRA da ONU?
Luiz14/05/2011 1:13
Luiz14/05/2011 1:13
Essa lei coloca Uganda entre os países mais atrasados e pobres do mundo. Quanta ignorância. O país miserável em saúde, alimentação, moradia, saneamento básico e essa criatura preocupada com o sexo entre quatro paredes. Ridículo! Sr. Deputado faça coisas boas para o povo que o elegeu.
André Bermudão13/05/2011 20:13
André Bermudão13/05/2011 20:13
Esse negro da foto é bem interessante. Pena que sua homofobia o torne uma pessoa tão tristemente atrasada. Lembro um espetáculo, maravilhoso, do MPB-4, que se apresentou no Teatro Presidente, em Porto Alegre, que tinha o nome de República de Uganda. Acho que, na época, era uma forma de criticar a ditadura militar no Brasil, burlando a Censura Federal, com a alusão a um país estrangeiro. Pobre Uganda...Assassinar alguém por sua etnia, identidade sexual, religião, ideologia ou qualquer outro motivo é voltar aos tempos das cavernas.
ALAN DAVID13/05/2011 19:43
ALAN DAVID13/05/2011 19:43
MEU DEUS DO CÉU AONDE ESSE MUNDO VAI PARAR MEU PAI
drawot@ig.com.br13/05/2011 19:10
drawot@ig.com.br13/05/2011 19:10
Uganda liderando, novamente, o retrocesso. Não há muito o que falar a não ser que faz por alimentar o estigma de país atrasado.
Vinícius 13/05/2011 18:03
Vinícius 13/05/2011 18:03
Se tivesse uma lei dessas no Brasil, seria necessario bomba atômica. Mas falando sério, isso é ridículo
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

LEIA TAMBÉM
LEIA MAIS
25/11/2014 NOTíCIAS » Defensor da cura gay se casa com outro homem nos EUA.
25/11/2014 NOTíCIAS » Genética ajuda a definir homossexualidade, segundo estudo americano.
24/11/2014 NOTíCIAS » Metroviários de SP fazem campanha contra a homofobia.
24/11/2014 NOTíCIAS » Rio de Janeiro celebra casamento gay coletivo para 160 casais.
23/11/2014 NOTíCIAS » Apresentamos dois novos garotos neste domingo: Yago e Frederico. Gravamos uma cena escondida com eles!
21/11/2014 NOTíCIAS » O maior catálogo de strippers virtuais espera por você, no Câmera Privê. Dá uma espiadinha!
20/11/2014 NOTíCIAS » Terceira Edição do The Incredible Week acontece neste fim de semana, em SP. Confira!
20/11/2014 TURISMO » Cuba tem o melhor resort com tudo incluído do mundo. Vem ver!
Luvin Byl
Mr Sansan
Twitter
Facebook
YouTube
© Copyright 2015 MundoMais. Todos os direitos reservados.