Terça-feira, 31 de Maio de 2011
Rússia homofóbica
Orgulho Gay de Moscou termina com dezenas de detidos
por Redação MundoMais

RÚSSIA - A VI Parada Ilegal do Orgulho Gay de Moscou terminou com 40 presos nos enfrentamentos entre defensores dos direitos dos homossexuais, grupos neonazistas e policiais. Desde 2006, o grupo GayRussia tenta organizar legalmente uma passeata na capital russa, mas a Prefeitura de Moscou nunca autorizou o evento, alegando que a manifestação “alteraria a ordem pública, pondo em risco a vida de inúmeras pessoas”.

Ativistas dos direitos homossexuais esperavam que o novo prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, finalmente permitisse a realização das paradas, após anos sendo recusada pelas autoridades.

Apesar da proibição, aproximadamente 15 ativistas, metade deles estrangeiros, se reuniram nos Jardins de Alexandre, ao lado do Kremlin, para depositar flores no Túmulo do Soldado Desconhecido.

Por volta das 13h, três ativistas gays – um homem e duas mulheres – abriram uma bandeira arco-íris no centro da Praça Manezh e gritaram “Rússia sem homofobia”. O gesto foi suficiente para causar a ira dos grupos extremistas homofóbicos. Os três jovens foram imediatamente atacados pelos skinheads e, logo em seguida, presos pela polícia moscovita.

Dezenas de pessoas contrárias à Parada Gay foram ao centro da capital impedir qualquer manifestação de ativistas homossexuais. Quase todos os jovens, entre 13 e 20 anos, vestindo camisetas que diziam “Somos russos” e “Orgulho Eslavo”. Declaravam abertamente a televisões de todo o mundo o ódio aos “gomiki”, como são chamados de maneira vulgar os homossexuais. “Sodoma” e “Pederastas” foram outras provocações ouvidas nas ruas do centro de Moscou.

Com seus telefones celulares, falavam com amigos e familiares. “Estamos na Parada Gay. A Polícia já prendeu alguns pederastas (sic)”, dizia um adolescente entre gargalhadas. Alguns jovens preferiram cobrir a cabeça com máscaras semelhantes às do movimento de extrema-direita norte-americano Ku Klux Klan. A saudação nazista também foi vista algumas vezes.

Os atos duraram pouco mais de 20 minutos, mas tiveram continuidade em frente à Prefeitura de Moscou, na rua Tverskaya. Uma ativista dos direitos gays foi interrompida por um grupo de skinheads enquanto dava uma entrevista para jornalistas.

Entre insultos e empurrões, forças policiais chegaram para prender a jovem ativista. Skinheads e pessoas que passavam pelo local, aplaudiram a ação policial. Um dos policiais anti-distúrbios chegou a parabenizar, com um aperto de mão, a um dos neonazistas, diante dos olhos atônitos de turistas e jornalistas. Estima-se que o número de skinheads na Rússia chegue a 100 mil.

Ironicamente, a Prefeitura de Moscou está situada na rua Tverskaya, considerada pela comunidade homossexual como a rua gay da capital russa, devido a um aparente ambiente de menos hostilidade às minorias sexuais.

Fiéis e religiosos da Igreja Ortodoxa Russa também marcaram presença na manifestação. Com cruzes e imagens de santos, criticavam a prática homossexual e “rezavam pelos pecadores”.

Uma jornalista do diário Novaya Gazeta, Elena Kostyuchenko, foi agredida por um ativista contrário à Parada Gay e foi hospitalizada com feridas e hematomas.

Um jovem de 18 anos foi espancado por seis neonazistas numa praça do cêntrico bairro de Kitay Gorod esta tarde, mas nenhum agressor foi encontrado. As autoridades reforçaram as medidas de segurança em todo o centro de Moscou, prevendo incidentes violentos.

“Ao invés de celebrar a diversidade, a capital russa comemorou uma vez mais, e com respaldo oficial, a intolerância e o desrespeito aos direitos humanos”, declarou um jovem russo que preferiu não se identificar.

A participação em manifestações não-autorizadas pode ser punida com até 15 dias de prisão. Em outubro do ano passado, o Tribunal Europeu de Direitos Humanos multou a Federação Russa em 29.510 euros (67 mil reais) devido à proibição da realização da Parada Gay em Moscou.

Facebook do MundoMais
Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (22)
Lucas Mascarenhas ferreira 04/12/2011 15:00
Lucas Mascarenhas ferreira 04/12/2011 15:00
parabéns para Rússia sempre terá meu respeito viva a gloriosa Russia!!!.
kBLiHhFVJUaZDf23/08/2011 13:28
kBLiHhFVJUaZDf23/08/2011 13:28
Knolewdge wants to be free, just like these articles!
adriano ribeirão preto07/06/2011 1:05
adriano ribeirão preto07/06/2011 1:05
sinto que a partir de 2011 gravem este ano, começa a revolução das nossas conquinstas estamos cravando uma guerra por territórios e direitos so vamos ganhar se formos bem instruidos e unidos lutando dia dia pelo nosso por do sol galera o brasil tem que ter uma luta seria e nos temos que nos impor com inteligencia em relações a nossos governantes pagamos impostos pagamos o salários da bancada cristã e envagelicos tambem quer queira ou não eles tem que nos respeitar vamos eleger mais jeans wyllys da vida para nossa confiança é isso ai
Dann-SP04/06/2011 12:30
Dann-SP04/06/2011 12:30
Assim como no Brasil, o problema da Rússia são os neo-nazistas e o extremismo religioso. Os confrontos são bem mais violentos que aqui. As idéias são defendidas com sangue. O Poder Judiciário Brasileiro demonstrou estar mais atualizado sobre a diversidade sexual que o Legislativo, e o Executivo fica em cima do muro para não se indispor com o Movimento Gay e nem com a bancada religiosa. O Brasil não é muito diferente da Rússia, curiosamente, o país que comporta a maior Parada Gay do mundo, também é o campeão em violência contra homossexuais. Esse ciclo não irá acabar, haja vista que as crianças estão sendo educadas por pais preconceituosos, e a caça aos homossexuais recomeçará nas próximas gerações. Homossexualidade é um tema delicado e sempre tratado com extremismo de ambos os lados. Poucos são sensatos. As mulheres lutaram tanto pela igualdade em relação aos homens, que herdaram também seus defeitos. E os gay estão indo pelo mesmo caminho vamos acabar "virando" heterossexuais.
Rafael04/06/2011 7:07
Rafael04/06/2011 7:07
Deus abençõe a América!
Fabrício SP02/06/2011 18:40
Fabrício SP02/06/2011 18:40
Caio-RJ concordo plenamente contigo mas temos que convir que o Brasil, nesse aspecto, está anos-luz avançado em relação a Rússia que deveria, por obrigação, se mostrar diferente, um exemplo de respeito aos direitos humanos fundamentais. é um país que está no G-8 e se comporta de tal maneira.... Vergonhoso!
Caio - RJ02/06/2011 0:54
Caio - RJ02/06/2011 0:54
Na verdade, morar no Brasil, não nos deixa livres desses acontecimentos, estamos vivendo uma frágil liberdade, por isso é bom termos cuidado sempre. Não quero aqui fazer apologia partidária, mas acredito na importância de uma sintonia maior entre homossexuais para elegerem representantes da causa no meio político, pois estou percebendo que a "caça as bruxas" vai começar. Fico entristecido quando vejo alguns amigos meus, cabeças ocas que pensam apenas na vida alegre das baladas, das roupas caras (que muitas vezes nem podem pagar), do sexo desenfreado. Não que isso seja algo ruim ou caracteristicas nossas, porém, como minoria que somos, devemos nos armar com informação e fazer cada um a sua parte.
Amauri01/06/2011 20:00
Amauri01/06/2011 20:00
Depois do que aconteceu em Belgrado, agora é a vez da Rússia. Força aos LGBT russos! Isso que é coragem.
Fabricio SP01/06/2011 18:26
Fabricio SP01/06/2011 18:26
Nossa! Ainda bem que moro no Brasil... minha terra querida!
This is sad!01/06/2011 17:42
This is sad!01/06/2011 17:42
realmente isso é triste, ei ??? vc fala isso pq os coitados se lascaram por completo. + se por acaso essa passeata desse certo e os gays fossem "aceitos" de certa forma na russia? N seria bom? Se isso desse certo seria + um país a incentivar a perca das diferencas sociais. E outra coisa, vc axa certo os gays que querem transar, ir escondidos a cantinhos, becos, box do banheiro, por que n podem se expressar em meio públicamente social? Feito os héteros que se beijam em tudo quanto é canto, la juntinhos? Todos queriam algo assim, todos queriam ser respeitados. + infelizmente, n é como queremos, a realidade é cheio de preconceito, poucas pessoas respeitam os homossexuais. E os gays tem que lutar por seus direitos! Enqto n houver liberdade os gays serão sempre ocultos, sempre terão que ocultar seu verdadeiro eu ;D Espero que esse comentário faça as pessoas que acharam esse ato idiotice a pensar que foi um ato muito heróico e valente. Parabéns a você, independente da derrota, vocês tiraram iniciativa, diferente de muita gente por ai :)
???01/06/2011 17:07
???01/06/2011 17:07
NORMA EH NORMA SE NÃO FOI AUTORIZADO NÃO DEVEM FAZER PASSEATA NENHUMA O ERRO PARTIU DESSAS BICHAS QUERENDO POSAR DE BOAS MOÇAS E OUTRAS NÃO VEJO GAÇA NENHUMA NESSAS PARADAS GAYS ONDE AS BICHAS FECHAM SEM SER FERIADO
Revoltado com o mundo !01/06/2011 14:38
Revoltado com o mundo !01/06/2011 14:38
lamentavel, o mundo vai ficar arcaico até quando ? será que só cristo pra voltar e mudar tudo de novo existe em todo canto do mundo só alguns paises hipócritas que não aceitam agente nasce gay, bissexual e hetero !!! deixem eles lutarem pela causa deles, vão se preocupar com a pobreza de alguns países miseraveis vão salvar as crianças e acabem com a fome no mundo !!!
todos sempre souberam01/06/2011 14:33
todos sempre souberam01/06/2011 14:33
os natos russos sempre souberam que seu país é militar,enfrentaram e como ja previsto se fuderam. Agora a situação mais importante é: como fazer com que a russia aceite as relações homossexuais como o brasil ja esta aceitando?? gente, a russia é totalmente militar e todos nos sabemos que em qualquer lugar no mundo o militarismo é rigido nessa e em outras situações,o melhro a se fazer é com que haja mudanças no governo por completo;MAS QUEM SE ARRISCA??? isso faz parte da CULTURA NEGRA deles desde de czar... e nao adiantará solicitarmos mudanças,a maioria do povo russo tem que querer senão,será em vão.
Ricardo Sorocaba01/06/2011 13:49
Ricardo Sorocaba01/06/2011 13:49
Homofóbicos .... podres.... escondidos por trás de máscaras..... Que vergonha de pessoas que não respeitam os direitos humanos. Somo livres..... fodam se os idiotas... Rezo para Deus perdoar os ignorantes.
Tiago01/06/2011 0:08
Tiago01/06/2011 0:08
Realmente fico sem palavras ao ler uma matérias dessas, ao somente poder questionar: -Que mundo vivemos? Cadê a liberdade de cada indíviduo? Enquanto no Brasil a festa gira em torno de 4 milhões de pessoas na Av.Paulista, no Rio de Janeiro há políticas para atrair os gays. Ao menos tenho um motivo de orgulho para morar aqui no Brasil.
Key31/05/2011 17:32
Key31/05/2011 17:32
Nossa que gays corajosos!meus parabéns ainda mais com tanto skin neonazistas no país. Os gays realmente precisam fazer isso ir frente com coragem e fé, um dia venceremos essa batalha tenho certeza.
Eduardo Ildefonso-PB31/05/2011 17:04
Eduardo Ildefonso-PB31/05/2011 17:04
Ainda há muito para se ver de injustiças cometidas quanto à expressão de liberdade da classe LGBT. Não basta as pessoas serem intelectuais ou apresentarem padrão social avançado, a intolerância dita as regras nesse mundo descompensado e repleto de gente retrógrada. Já sabemos muito de tecnologias, avanços diversos em todas as áreas, mas infelizmente a pior miséria ainda reina no mundo que a miséria moral, não basta tudo isso se ao menos não se tolerar a existência do outro e compreender o principal da vida que repousa na liberdade de viver em meio à diversidade necessária. Chega de tanta homofobia!!!
kyle31/05/2011 14:31
kyle31/05/2011 14:31
já sei que país não devo ir conhecer
Diogo31/05/2011 14:06
Diogo31/05/2011 14:06
Realmente é tudo muito envergonhoso e difícil de ser acreditado, a Rússia, um país Norte, de maior território e de economia de médio-alto rendimento, ainda ser tão homofóbica, violenta e preconceituosa com o grupo LGBT, realmente é um pena, pois quem só perde é o país e a população, quanto mais escandalos, corrupções e injustiças, mais sujo e manchado ficará a bandeira da Rússia...
russia 31/05/2011 11:27
russia 31/05/2011 11:27
affe a russia caiu no meu conceito
lukas31/05/2011 11:17
lukas31/05/2011 11:17
Que horror, todo ano é assim.Mas fico admirado e assustado com a coragem desses jovens homossexuais russos de enfrentarem essa população toda homofóbica e que não sabem o que é Direitos Humanos.Mas eles ainda vão entenderem e pedir desculpas para os gay.
VERGONHA PARA O MUNDO31/05/2011 11:14
VERGONHA PARA O MUNDO31/05/2011 11:14
Felizmente as autoridades do Brasil (ao menos o Judiciário, único Poder da República formado exclusivamente por pessoas com curso superior e amplo conhecimento social) já não são tão atrasadas e são capazes de conviver com todas as diferenças. Entendem que todos tem deveres, mas também direitos. É uma vergonha a Rússia, um país que lutou contra o nazismo, ser tão ridícula a ponto de ter "gente" que ainda ama essa imundície. O que se podia esperar de um lugar que passou anos deixando seu povo morrer de fome para gastar com fabricação de armas atômicas, roubou da população suas propriedades (Lenin) e em seguida se afundou na miséria e corrupção???
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

LEIA TAMBÉM
LEIA MAIS
17/04/2014 CINEMA » Orlando Bloom aparece pelado e tatuado em novo filme. Vem ver!
17/04/2014 NOTíCIAS » Aproveite bem o final de semana prolongado, e fique por dentro do que vai rolar por aí!
16/04/2014 NOTíCIAS » Malta reconhece casamento gay e LGBTs europeus comemoraram.
16/04/2014 NOTíCIAS » Índia reconhece transexuais como terceiro gênero sexual.
15/04/2014 LIVRO » Livro de editora alemã mostra soldados em poses relaxadas e brincadeiras quentes. Confira!
15/04/2014 NOTíCIAS » Festival nos EUA reunirá comida e música, e vai celebrar os chefs LGBTs.
14/04/2014 NOTíCIAS » Depois de reclamação de pais, professor homossexual renuncia cargo em escola.
14/04/2014 NOTíCIAS » Justiça italiana obriga cidade a reconhecer casamento gay.
Intima Cor
Eric
Twitter
Facebook
Orkut
© Copyright 2013 MundoMais. Todos os direitos reservados.