Quarta-feira, 06 de Julho de 2011
Engavetado?
Marta Suplicy nega o arquivamento do Projeto, e Jean Wyllys lamenta o abandono de anos de luta por aprovação do PLC 122.
por Redação MundoMais

O deputado Jean Wyllys encarou como derrota o abandono do PLC 122.O deputado Jean Wyllys encarou como derrota o abandono do PLC 122.

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) negou que o PLC 122, projeto que criminaliza a homofobia em território nacional, será arquivado no Congresso.

A assessoria da senadora explicou que um novo projeto de lei será apresentado nos próximos meses, mas que "as principais diretrizes no combate à homofobia" serão mantidas. Ainda de acordo com a assessoria, o PLC 122, do qual Suplicy é relatora, continua em trâmite no Senado.

Nos debates que tenho travado no Senado, em todas as conversas, tenho observado para que os princípios do PLC 122 não se percam. E percebo avanços. Tenho aberto o diálogo com as bancadas religiosas e com todos os setores que se colocam a favor e contra pontos do projeto, diz Suplicy em nota.

A polêmica em torno do possível engavetamento do projeto teve início na semana passada, quando Marta Suplicy se reuniu com os senadores Magno Malta (PR-ES) e Walter Pinheiro (PT-BA), e os deputados Benedita da Silva (PT-RJ), Lauriete Almeida (PSC-ES) e Gilmar Machado (PT-MG). Na reunião, ficou acertado que o objetivo era ampliar o número de apoiadores ao PLC 122, que, segundo Marta Suplicy, foi "demonizado" nos últimos meses pela bancada evangélica.

Supremo Tribunal Federal

Durante a coletiva de imprensa da 15ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, realizada no último dia 25 de junho, a senadora Marta Suplicy chegou a sugerir que o movimento LGBT procurasse o Supremo Tribunal Federal (STF) para que ele decidisse a favor do projeto de lei que criminaliza a homofobia.

Entre os ativistas LGBT, é consenso que o PLC 122 sofrerá resistência por parte dos senadores que compõem a bancada religiosa. De acordo com Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Transgêneros (ABGLT), o PLC continuará tramitando e que o foco sempre foi "o combate à homofobia".

Em junho, Toni Reis se reuniu com Marta Suplicy, Marcelo Crivella (PRB-RJ) e Demóstenes Torres (DEM-GO) para discutir o projeto. Naquele dia, ficou acordado que todos nós somos contra a discriminação e a violência contra LGBT, revela o presidente da ABGLT. O senador Demóstenes ficou responsável por elaborar um novo projeto, mas por enquanto não há nada acertado, acrescenta.

Na opinião de Reis, "o PLC não tem votos para passar na Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado do jeito que está". Em maio, durante votação na CDH, o PLC 122 teve que ser retirado da pauta porque corria o risco de não ser aprovado.

O que gera discórdia entre os senadores evangélicos é o ponto onde a lei prevê punição para os discursos que incitem o ódio e a violência. Marta Suplicy já havia sinalizado que retiraria a criminalização dos discursos em púlpitos religiosos, por entender que estes ferem a "liberdade doutrinária". De acordo com a senadora, o novo texto vai apenas "punir aqueles que induzirem a violência".

Derrota?

O deputado Jean Wyllys classificou como uma “derrota” a decisão de engavetar o PLC 122 pela relatora do projeto, a senadora Marta Suplicy.

Do mesmo modo como aconteceu na Câmara Federal, em que o projeto foi aprovado graças ao protagonismo dos LGBT, deveria ter sido no Senado, mas nas últimas semanas a senadora Marta Suplicy e o Toni Reis [presidente da ABLGT] passaram a negociar diretamente com os senadores e deputados da oposição, sem qualquer tipo de consulta ou participação dos demais parlamentares apoiadores do projeto. Até mesmo membros da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT ficaram de fora, criticou o deputado. A senadora Marta Suplicy está desconsiderando os outros parlamentares e os demais segmentos da militância LGBT, completou.

Jean Wyllys ainda definiu como lamentável a decisão de abandonar o projeto por conta da chamada “demonização”. Não dá para admitir que agora deputados e senadores que historicamente sempre se opuseram aos direitos LGBT venham querer apresentar um projeto que contemple as nossas reivindicações. Os negros não aceitaram, as mulheres não aceitaram. Por que nós temos que aceitar?, questionou o deputado.

Levando em conta as dificuldades em se aprovar o PLC 122, o deputado Jean Wyllys sugeriu que uma alternativa seria reunir os parlamentares apoiadores da causa, a mídia LGBT e os mais diversos segmentos da militância, e não somente a ABGLT, para criarem juntos um novo projeto.

Para discutir esta alternativa e os rumos a serem tomados após os últimos acontecimentos, o deputado pretende se reunir nesta quarta-feira, em Brasília, com alguns membros da Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT.

De lá, poderá sair um esboço para um futuro projeto que será amplamente discutido com deputados e senadores e com toda a militância, disse Wyllys.

Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (42)
Oiiiii!!!!18/07/2011 12:13
Oiiiii!!!!18/07/2011 12:13
É o velho Nereu, com sua mentalidade lavada pela ideologia da ditadura militar de extrema direita, de fobia cega e sem fundamento contra as esquerdas, especialmente o PT.
rafa-sp para nereu17/07/2011 22:49
rafa-sp para nereu17/07/2011 22:49
não dá para ter dialogo com vc devido sua forte ideologia politica. Você infelizmente, tenta impor sua opinião como uma verdade obsoluta!.
Nereu p/Theo13/07/2011 18:14
Nereu p/Theo13/07/2011 18:14
Theo, você esta certo em muitas colocações, mas PLC 122 não quer fazer dos gays seres superiores ou melhores que os outros. A PLC quer que sejamos respeitados em nossos direitos. Os evangélicos querem negar esse direito já concedido pela Constituição. Eles acreditam em uma verdade e quer que todos acreditam nessa verdade. Alguns evangélicos, principalmente os lideres (pastores) querem fazer da vida das pessoas que não os seguem (espiritas, umbandistas, gays e até mesmo católicos) pessoas de classe inferior. Eles querem é mídia e quanto mais convertidos melhor para eles, pois recebem dízimos. Também não concordo com parada gay e outras coisas que alguns fazem.... mas fazer o que se eles acham que estão certos, não podemos tolher seus direitos. É exatamente contra isso que lutamos.... pelos nossos direitos... gostaria que existisse uma parada gay séria, realmente com base, tema, assunto.... mas as lideranças preferem o carnaval.... então.... Lutamos pelos direitos de todo o cidadão que trabalha, consome e paga seus impostos.... sem pastores, padres interfirirem em nossas vidas... Não preciso de ninguém para dizer o que devo fazer, eu sei o que fazer... Jean não é lunático, ele só não percebeu que lutar ao lado de Marta é uma fria.... e todo o grupo petista também o é! Marta e PT é mais homofóbico que o Bolsonaro.... Bolsonaro mostra a cara.... a gente conhece.... Marta e PT são mascarados e engana o povo.... nada mais... Pelos mesmos direitos de viver como cidadão.... com preferências sexuais diferentes das convencionais.... PLC 122... completa.
RecFesta13/07/2011 15:51
RecFesta13/07/2011 15:51
Concordo com o Théo, aqui abaixo...
RecFesta13/07/2011 15:48
RecFesta13/07/2011 15:48
SOU GAY... ASSUMIDO. SOU MACHO, SOU HOMEM... TENHO MEU NAMORADO, VIVEMOS DE ACORDOS COM A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA, E NÃO CONCORDO COM A APROVAÇÃO DESSA PL 122... daqui a alguns anos, os cegos vaõ querer uma lei, os gordo, os gagos, os carecas.. e por ai vai. - Minha opnião - Tenho direito de Expressão.
Theo13/07/2011 14:59
Theo13/07/2011 14:59
Jean é um lunático, quase como o Bolsonaro. Tudo p ele é homofobia. Quer instaurar no país um conta de fadas gay. Esse PLC122 do jeito que está quer colocar os gays num patamar acima do resto da população. Isso nunca será aprovado!! Devemos lutar por igualdade apenas, não por benfícios que o resto da população não possui. Isso só aumentaria o preconceito. Como os gays querem ser respeitados se a maior parte dos gays assumidos não se dão o respeito? Fazem putaria em qualquer banheiro público, a parada gay de SP não passa de uma micareta regada a mto álcool, drogas e sexo em plena luz do dia. Os governos de SP e RJ têm feito algo pela causa gay não por ideologia, mas sim de olho no dinheiro gasto pelos gays com turismo! Mais de 25% do que o Rio lucra com turismo se devem aos gays. Violência é crime em qualquer forma q seja. Colocar apenas uma lei contra violência contra gays vai ser só mais do mesmo. Ou seja, apenas se aplica para quem não tem dinheiro p pagar bons advogados. Eskeceram onde vcs vivem?? Acordem Alices!!!
Nereu //Danilo SP12/07/2011 8:33
Nereu //Danilo SP12/07/2011 8:33
Escreveu bonito..... mas de tudo o que escreveu o que foi que ajudou os gays..... ? Quero ver a aprovação da PLC 122. Quero ver o fim das agressões... Quero ver o fim das merdas que os pastores falam.... Participar de congressos.... conferências e outras reuniões que só ficam no papel não trás. nada para ninguém.... Quero algo de concreto..... o governo Paulista e o Carioca fizeram mais pelos gays do que o governo federal.... Lula foi e é ilusão..... e a Dilma é continuação....
Nereu p/Rafa SP12/07/2011 8:29
Nereu p/Rafa SP12/07/2011 8:29
Rafa, me mostra algo que essa mulher fez para os gays.... uma só... E a pior espécie de político, safada, mentirosa, manipuladora. O mais estranho é que ainda existem pessoas que acreditam nela. Marta é um câncer que não pode se eliminar....
Rafa - sampa11/07/2011 23:47
Rafa - sampa11/07/2011 23:47
corrigindo o total de votos da Marta foi de 8.314.027 votos.
Rafa - sampa11/07/2011 23:44
Rafa - sampa11/07/2011 23:44
Porque eu tenho que ser privilegiado só porque sou homossexual?? Não quero privilégios, mas sim igualdade de direitos. Do jeito que o Jean Wyllys está tratando o assunto, é certo que a lei não vai ir prá frente. Marta é uma politica experiente, ao contrario do Jean Wyllys. Ela se elegeu com quase 8 milhões de votos, enquanto o Jean teve apenas 13 mil votos! ". É chato ter que ler aqui no site pessoas dizendo que a Marta só está querendo ganhar voto com essa história. Pessoal pelo que todos sabemos essa historia da PL 122 só vai tirar votos da Marta, pois duvido que ela foi eleita por 8 milhoes de gays. Acorda gente, vamos dar valor para aqueles que querem nos ajudar de verdade.
Ian11/07/2011 16:21
Ian11/07/2011 16:21
Caro Vinícius, as leis trabalhistas já protegem qualquer cidadão que sofre algum tipo de contrangimento no ambiente de trabalho. Não precisa de uma lei específica p isso contra gays. Se vc for motivo de chacota no trabalho, qualquer juiz lhe dá ganho de causa. Por estas e outras q este projeto nunca vai ser aprovado se continuar como está. Muito cômodo p nós sermos blindados, nao? Mas isso na minha opinião só aumentaria o ódio pelos gays. Temos q ser mais pé no chão ao exigirmos direitos. Devemos lutar apenas por igualdade, e não kerer privilégios que os outros não tem.
Vinícius - RR11/07/2011 15:42
Vinícius - RR11/07/2011 15:42
Acredito q o q não deveria ser colocado em questão era esse ou aquele direito a mais sobre as demais pessoas. Mas sim a questão propriamente dita do preconceito em todos os aspectos. Um exemplo claro disso é no trabalho. Muitas vezes somos discretos,de boa conduta e índole. Mas ainda sim encontramos pessoas q nos fazem de motivo de chacota. Ai sim acho q devíamos ser beneficiados pela lei e pela justiça, pra não ficar impune e dar margens pra q outros continuem nos desrespeitando!!!
Ian11/07/2011 15:00
Ian11/07/2011 15:00
Sinceramente, sendo gay acho q essa PLC 122 tem muita coisa desnecessária. Por exemplo, cotas p gays. Pra que? Desde qdo ser gay define a capacidade de alguém p realizar um trabalho. A gde maioria dos gays c quem convivo possuem curso superior, pós-graduação, falam mais de 1 idioma, ganham muito bem, moram e vivem bem, viajam pro exterior todo ano, gastam rios com baladas, roupas e viagebs. Possuem um padrão de vida mto mais elevado do q média da população. Quem não tem é pq não estudou, pq não correu atrás. A sociedade tem o direito de emitir opiniões contrárias ao nosso estilo de vida. Eu mesmo sendo gay discordo do comportamento de vários nichos do mundo gay. A galera sai por aí enchendo o rabo de drogas e fazendo putaria na Av. Paulista durante a parada e ker tornar crime quem emite opinião contrária a isso? Ah...por favor, né? Tá cheio de gays sem noção alguma do ridículo q saem por aí mechendo com os outros nas ruas, transando em locais públicos e depois qdo alguém xinga uns trastes destes tá sendo homofóbico? Acho q todos devem ter direitos e deveres civis iguais, e pronto! Não devemos ser tratados diferentes dos demais cidadões nem pra mais muito menos pra menos! Acho q esse projeto tem q se resumir à colocar homofobia no mesmo patamar de racismo, explicando mto bem a diferença do q é homofobia e o q é emitir opinião e igualr nossos direitos civis aos dos heteros. Somente!
Gabriel Souza10/07/2011 1:15
Gabriel Souza10/07/2011 1:15
Pietro Você já leu a biblia alguma vez? Leia Romanos capitulo 1, versiculos 26 e 27. Não sou contra ao movimento gay e nem a religião, já que também vivi muito tempo com ela. Só acho que ambos deveriam respeitar mais uns aos outros (a religião aceitar os gays e estes buscarem algum tipo de crença, seja qual for). Lukas A votação é no senado e não no congresso. E quanto a bancada evangelica ser, segundo voce, apenas 40 deputados. Você acha que os outros deputados iriam votar num projeto que é "demonizado" por certos setores da sociedade. Se eles fizerem isso eles não se elegem na próxima eleição (entenda que objetivo de politico no Brasil, principalmente este pessoal do congresso é ficar lá a vida inteira ganhando seus R$ 25 mil mensais!).
Gabriel Souza10/07/2011 1:07
Gabriel Souza10/07/2011 1:07
Tá é na hora de alguns gays acordar para a realidade, pararem um pouco de viver só de futilidades e torração de crédito, e sim, lutar de forma digna para sua existência como cidadões na sociedade brasileira. Parada gay é que não vai mudar a visão da maioria da população (evangelicos e catolicos) sobre nós, ao contrário, ela estereotipiza ainda mais a visão que todo gay é promíscuo e efeminado. Como mudar isso? acho que cada um tem a resposta dentro de si. Respeite-se!
Nereu p/Lukas e Rodrigo10/07/2011 0:32
Nereu p/Lukas e Rodrigo10/07/2011 0:32
O problema não é a bancada evangélica, é a petista... faça uma análise dos últimos anos... leia meu comentário, Marta e PT duas pragas....
Lukas09/07/2011 20:50
Lukas09/07/2011 20:50
Pelo que sei a bancada religiosa no congresso soma só 40 representante, e nos temos mais de 500 depudados, então porque ficar com o foco apenas neles, eles são minorias e o restante .
Rodrigo09/07/2011 16:18
Rodrigo09/07/2011 16:18
Querem calar a boca da bancada evangélica, lembre-se, a bancada evangélica é formada praticamente pelo partido PR, o qual era conhecido como PL, ou seja, devido ao mensalão na época de Lula, onde maioria dos corruptos listados eram PL, eles mudaram o nome de PL para PR. E o ministro do transporte também é do PR, ou seja, a bancada evangélica adora dizer que quer proteger a família e seus bons costumes, mas seus membros e partidários são tudo maioria corruptas.
Nereu09/07/2011 10:34
Nereu09/07/2011 10:34
A única saída é o STF. Enquanto os gays continuarem a acreditar em PT ou Marta, a coisa vai continuar dessa forma. Marta já provou com a + b que não gosta de gays, que sua defesa é só para ganhar votos, na hora do vamos ver mesmo ela recua, tira da reta e acaba apoiando o pessoal da ala religiosa. O PT esta no poder a quase 9 anos, nada fez, salvo algumas ações com pouca representatividade. Os governos carioca e paulista fizeram pelos gays de seus estados muito mais que o governo federal pelos gays brasileiros. Acordem, PT nada fará! Tomara que Jean use sua inteligência nata para direcionar a luta para o STF, tudo o que escrevo é verdade que a própria Marta já deu a ideia, vá para o STF. Ou não?
drawot@ig.com.br09/07/2011 0:10
drawot@ig.com.br09/07/2011 0:10
Às vezes é necessário um recuo tático, e convencer pelo diálogo. Sempre há uma saída mas é preciso se articular e parece que é isso que a Marta fez. Acho que ela é competente para conduzir este projeto.
Pietro 08/07/2011 3:19
Pietro 08/07/2011 3:19
desculpa Gabriel, mas nao existe nenhum livro da bíblia condenando a homossexualidade. Isso, depende da interpretação de cada um em relação ao livro sagrado. Não se pode julgar alguem, levando ao pé da letra o que esta escrito na Biblia, deve existir uma interpretação moderna para isso. Em relação ao senado, infelizmente, a bancada religiosa, mistura demais os conceitos cristãos com a politica. Não pode transformar uma lei baseada em conceitos religiosos. Deve-se levar em consideração, ate que ponto uma lei fere os direitos humanos? E até onde, existe um limite? Concordo com o Jean, e sou a favor da eliminação de bancadas evangelicas no senado. Lugar de discutir religião com certeza nao é no Planalto.
André08/07/2011 0:51
André08/07/2011 0:51
O deputado Jean Wyllys está coberto de razão, aonde já se viu isso, entregar para os nossos inimigos o projeto de lei que é para nos proteger????????????????????????? Entregar para aqueles que historicamente querem ver nosso mal e ruína a qualquer custo, aqueles que sem parar lutam pelo nosso fim, pela nossa morte. Isso é um absurdo descabido. Juro que se as coisas continuarem assim essas igrejas terão inimigos que elas jamais gostariam de ter inventado, elas irão pagar.
Rodrigo08/07/2011 0:41
Rodrigo08/07/2011 0:41
MAGNO MALTA DO PR A ESSA ALTURA DEVE ESTAR PREOCUPADO E EM LIMPAR A MERDA DO RABO DELE E NÃO FICAR TOMANDO CONTA DO RABO DOS OUTROS. PRINCIPALMENTE, PORQUE O PARTIDO DELE, O PR, ESTÁ MAIS SUJO DO QUE PAU DE GALINHEIRO. O QUE SE PODE DIZER DE ALGUÉM QUE FAZ PARTE DE UM PARTIDO QUE DESDE O MINISTRO DOS TRANSPORTES ATÉ O MAIS SUBALTERNO É DEMITIDO PELA PRÓPRIA PRESIDENTA. TALVEZ SE ELE ESTIVESSE PREOCUPADO COM ESSA PODRIQUEIRA DA CASA DELE E COM AS CAUSAS DELE, AO INVÉS DE TRAVAR AS CAUSAS DOS OUTROS, A HISTÓRIA PODERIA SER UM POUCO DIFERENTE.
Ana Lins07/07/2011 23:29
Ana Lins07/07/2011 23:29
A atitude do deputado só faz a causa perder força para sua aprovação no Senado.
Gabriel Souza07/07/2011 23:26
Gabriel Souza07/07/2011 23:26
O Jean tem que aprender que na política só se ganha com o apoio. Do jeito que ele esta tratando o projeto os gays no Brasil vai ficar por um bom tempo como RATOS, escondindos nos seus guetos, com medo dos homens (heteros). Nós vivemos num país que possuei várias culturas, e as dominantes são as culturas cristas. Não vamos ser útopicos. Nunca um projeto que pode colocar na prisão um pastor ou padre por ele dizer algo que esta na BIBLIA (que a homossexualidade é um desvio, uma aberração) vai ser aprovado no Brasil, e nem deve, pois fazendo isso você favorece os gays e desfavorece as religiões baseadas na Biblia. Estou com a Marta.
Bruno07/07/2011 19:05
Bruno07/07/2011 19:05
Francamente hein Jean admiro muito vc se assuatr com as atitudes desta tal SENADORA, ela se corrompe, eu sempre achei que ela iria se vender, nunca confiel nela e não vai ser agora. INFELIZMENTE já esperava esta atitude dela se ela não estiver envolvida com o veto do kit gay.. Uma vibora essa tal de senadora. Ela que é agradar a todos e sei que ela diz que é a favor do casamento gay, criminalização da homofobia, so para enganar e ganhar popularidade, q uando a corda aperta ela foge.. ai a ia ia LAMENTAVEL> abraço..
Rafael - Fortaleza07/07/2011 12:42
Rafael - Fortaleza07/07/2011 12:42
Em nenhuma democracia do mundo, os direitos fundamentais de negros, mulheres, indígenas, homossexuais, deficientes físicos, etc., podem depender do processo político majoritário decidido por: plebiscitos, congressos, senados, câmaras e assembléias legislativas. As minorias devem ser ‘protegidas’ por Tribunais Constitucionais, pela Jurisdição Constitucional, por Juízes e Ministros corajosos que dizem ao processo político majoritário “mesmo que vocês (mercenários, reacionários, conservadores, retrógrados, preconceituosos, ignorantes) não estejam respeitando essa minoria, nós em nome da constituição impomos o respeito a elas, e esse respeito significa tratá-las com igualdade, liberdade e dignidade”. Portanto, se nós não acionarmos o STF dificilmente esse projeto de lei será aprovado.
Ulisses Fonseca07/07/2011 11:56
Ulisses Fonseca07/07/2011 11:56
entrem no site petições publica e assinem sera bom para nós.......
Ulisses Fonseca07/07/2011 11:46
Ulisses Fonseca07/07/2011 11:46
entrem no site petição publicas tem para assinarmos ok.
Ulisses Fonseca07/07/2011 11:40
Ulisses Fonseca07/07/2011 11:40
porque não fazemos uma petição publica........ para resolver esta questão da criminalização da homofobia ?............
leandro macae07/07/2011 10:17
leandro macae07/07/2011 10:17
nao vamso desite pois o direito e nosso ok BRASILLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL
Duwa Tavares07/07/2011 8:39
Duwa Tavares07/07/2011 8:39
simplesmente lamentávell.
Marcos 07/07/2011 7:40
Marcos 07/07/2011 7:40
Não acredito que essa bicharada acreditaram nesta petista , é pra acabar com meu pau
Sergio07/07/2011 1:08
Sergio07/07/2011 1:08
Acho melhor não acreditar nessa mulher!!! alias ela é PT, muita mentira
Kaká06/07/2011 23:40
Kaká06/07/2011 23:40
...como sempre, tudo acaba na gaveta de alguém...
lukas06/07/2011 22:31
lukas06/07/2011 22:31
O projeto não pode mudar, ou é tudo ou nada, temos que ter orgulho e mostrar pra eles que quem vice essa situação é que sabe o que é melhor.Não podemos aceitar eles continuarem dizendo que temos parte com demonio dentro de suas igrejas.
WILL para ????06/07/2011 18:48
WILL para ????06/07/2011 18:48
PARA D FALAR BESTEIRA , NÓS QUEREMOS E NOSSOS DIREITO, TANTO FAZ C CHUPAMOS PICA OU COMEMOS OU DAMOS O CÚ NÃO É ISSO Q ESTÁ EM QUESTÃO , DEIXA D SER BURRO ZÉ RUELA.
CARLOS06/07/2011 18:31
CARLOS06/07/2011 18:31
OS GAYS , PRECISAM FAZER LEIS JUNTO AOS ORGÃOS DE JUÍZO, Q ACABEM COM AS IGREJAS EVANGÉLICAS, Q A CADA DIA SE INAUGURA UMA , COM NOMES INÚTEIS , PARA LAVAGEM DE DINHEIRO, PROSTITUIÇÃO E DESRESPEITO AO PRÓXIMO, É NECESSARIO FECHAR ESSA IGREJAS JA OU NO MAIS COMEÇAR A JOGAR BOMBAS E MATAR EM MASSA....RAÇA DOS INFERNOS.
Nereu - SP06/07/2011 16:25
Nereu - SP06/07/2011 16:25
O que mais me surpreende é o fato de Marta estar a frente desses projetos. Toda vez que ela assume.... a coisa emperra. Ela ajuda a atrasar isso sim! Acordo povo.... Marta e PT são contra dos gays.... e já provaram isso durante 8 anos.... e agora o governo Dilma caminha para o mesmo desfecho.... VAMOS ACORDAR!
Diego SP06/07/2011 15:30
Diego SP06/07/2011 15:30
Como é ...? parece que eu não entendi direito..!! rs, a Senadora Marta quer modificar o projeto de lei PLC 122 no sentido dos políticos "Evangêlicos / Católicos" poderem continuar falando no altar de suas igrejas que ser homossexual é uma aberração?? e daí eles virão com aquele discurso de sempre "Nós amamos os homossexuais, o que não amamos é a prática homossexual". ACORDA SENHORES POLÍTICOS "EVANGÊLICOS", NÃO PRECISAMOS DO AMOR DE VOCÊS, PRECISAMOS DO RESPEITO E DIGNIDADE QUE TODO CIDADÃO MERECE.
Will06/07/2011 14:51
Will06/07/2011 14:51
Parece q querem dificutar o acesso dos gays ao seu direitos,para q fiquemos sempre sem desprotegidos. Não queremos nada d ninguem,so qremos ter acesso aos nossos direitos como quaquer outro cidadão pagador d impostos.
Gustavo06/07/2011 14:50
Gustavo06/07/2011 14:50
brincadeira ... só nesse país mesmo ... caramba nada dá certo aqui!!! se nao ficar em cima, acaba indo pra gaveta mesmo ... pena ... espero mesmo que nao tenha sido arquivado, pq temos q dar um basta na homofobia obsessiva!!!!
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

LEIA TAMBÉM
LEIA MAIS
31/10/2014 NOTíCIAS » Presidente da Apple, Tim Cook assume publicamente ser gay.
31/10/2014 NOTíCIAS » Cantor Elton John pede que Papa Francisco seja santificado já.
31/10/2014 NOTíCIAS » Divirta-se com meninos gostosos, fazendo sexo ao vivo na webcam!
31/10/2014 NOTíCIAS » Neste domingo estreia a nossa segunda oficina de atores. Serão três candidatos e terá participação especial do modelo Raikan e Caio Carioca.
30/10/2014 NOTíCIAS » Casados há 15 anos, homens são punidos por sexo gay em Cingapura.
30/10/2014 NOTíCIAS » Drag Queen Marcia Pantera é chamada de macaco e é agredida em frente a um clube gay.
29/10/2014 NOTíCIAS » Hashtag JeanWyllysNãoMeRepresenta vira guerra em rede social.
28/10/2014 MúSICA » Novo álbum de David Guetta terá participações de Sia, Nicki Minaj, John Legend e muito mais!
Pedro
Twitter
Facebook
© Copyright 2013 MundoMais. Todos os direitos reservados.