Quarta-feira, 27 de Julho de 2011
Sou da paz!
Jovem gay relata sua dificuldade para entrar na tribo dos skinheads, e luta contra a homofobia nas ruas de São Paulo.
por Redação MundoMais

Danilo, 29 anos, defende a luta contra a homofobia nas ruas de São Paulo.Danilo, 29 anos, defende a luta contra a homofobia nas ruas de São Paulo.

Aos 16 anos, Danilo se interessou pela cultura skinhead, de suspensórios, coturnos, tatuagens e cabeças raspadas. Entrar nessa tribo teria sido fácil, não fosse por um detalhe: ele é gay.

Eu pensava: não dá para eu falar que sou skinhead porque os caras não gostam de gay, diz.

Naquela época, alguns carecas já ocupavam as páginas policiais dos jornais, com seus ataques a negros.

Mas esses fascistas são minoria, assegura, apesar de ser alvo deles. Ele diz que a tribo cultural surgiu na Jamaica, nos anos 60, e se disseminou com imigrantes que foram trabalhar como operários na Inglaterra, no mesmo período em que o movimento punk também surgia nos subúrbios britânicos.

Ao explicar por que resolveu entrar para esse grupo, diz simplesmente: Skinhead é um cara que gosta de ouvir ska, tomar cerveja e jogar futebol com os amigos.

Hoje, aos 29 anos, ele articula uma das vertentes que ajudou a criar, há dois anos: a Ação Antifascista, que reúne 136 pessoas na rede social Facebook.

O grupo também tem duas lésbicas skinheads, seis punks bissexuais e dois que se definem como assexuados. O restante é heterossexual, mas defende a luta contra a homofobia.

Somos contra qualquer tipo de preconceito e lutamos pelas liberdades.

Eles costumam se reunir em botecos, semanalmente, mas agora terão uma sede própria, com direito a eventos para tentar desmistificar a ideia de que todo skinhead e punk é brutamontes.

Desde que foi criado, o grupo já participou de uma marcha contra a homofobia que ocorreu no fim do ano passado (depois que garotos atacaram homossexuais com lâmpadas fluorescentes na avenida Paulista), de marchas contra o aumento do preço do ônibus, a favor da legalização da maconha e, mais recentemente, esteve na Parada Gay.

Pela primeira vez, eles participaram do evento em grupo, empunhando uma faixa que dizia que punks e skinheads estavam juntos (o que já é raro) contra a homofobia. O ato foi surpreendente para muita gente, que chegou a aplaudir o grupo durante o desfile.

Até policiais se surpreenderam: os membros da Ação Antifascista chegaram a ser enquadrados minutos antes de começar a Parada e foram detidos quando se reuniam para organizar a participação, na quinta-feira anterior.

Em maio, na marcha da maconha que terminou em confronto com a polícia, Danilo quebrou um braço ao tentar fugir de uma bomba de efeito moral. Ficou uma semana internado e, três dias depois de sair do hospital, foi atacado por uma gangue neonazista chamada Front 88.

Hoje ele evita a Galeria do Rock, a rua Augusta, a Paulista e a Liberdade, onde essas gangues se reúnem, por ser alvo fácil: É como se eu andasse com uma setinha: aqui, anarquista, skinhead e homossexual, bata nele.

Facebook do MundoMais
Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (24)
Peterson20/10/2011 22:17
Peterson20/10/2011 22:17
A palavra “homofobia” é um termo politica e ideologicamente carregado. De maneira geral, os ativistas homossexuais e seus simpatizantes o interpretam como “agressões e assassinatos de homossexuais”. Mas então, um padre ou pastor que prega contra a prática homossexual se torna alvo do rótulo “homofóbico”, numa tentativa suja de intimidar os cristãos e transformar a denúncia cristã contra o pecado em conduta equivalente ao comportamento dos que agridem e matam homossexuais. Mas a origem da maioria das agressões aos homossexuais são as brigas com seus parceiros e clientes sexuais.
alem02/08/2011 1:38
alem02/08/2011 1:38
para de viajar......o que muda?
Dâmaso Salcede31/07/2011 19:16
Dâmaso Salcede31/07/2011 19:16
O Brasil é o país das aporias, dos simulacros, das tentativas vãs de mostrar que é um país tolerante, não violento e que as diferenças são aceitas sem maiores ofensas e agressões. O ódio, o preconceito e o não reconhecimento do outro com as suas singularidades criam um ambiente de contínua brutalidade. Vivemos um momento difícílimo, no qual as agressões do cotidiano, as asperezas do dia a dia, a falta de educação e as grosserias imperam e vicejam quais as sete pragas do Egito. Os ensinamentos de Cristo, "amai-vos uns aos outros( não importa se o "amor que não ousa dizer o seu nome") não estão sendo considerados, melhor, respeitados. Parafraseando Castro Alves, " Meu Deus, meu Deus, livrai-nos desse mal... dos skinheads da vida, dos malfeitores da sorte, das cassandras do inferno!!! Livrai-nos...livrai-nos...Amém!!! Amém!!!
ALFM - Para eduardo28/07/2011 23:26
ALFM - Para eduardo28/07/2011 23:26
desculpe ai meu, foi muito infeliz mesmo meu comentário. Nada tenho contra as pessoas da outras refiões do pais!
ALFM28/07/2011 23:19
ALFM28/07/2011 23:19
Haha eu sabia que tocar no assunto, nordestinos e misturas de raças, ia gerar uma polemicazinha, peço desculpas aos 2 caras que se sentiram ofendidos com meu comentário infeliz, nada tenho contra negros, pardos, nordestinos; Mas esse moleque ai da reportagem eu daria umas boas palmadas se fosse a mãe dele; Vocês consegue compreender o quão absurdo é um gay participar de um movimento desses? Eu era bem menor, e lembro muito bem dos ataques de skins a jovens gays em um trem (vi na tv) e no ano seguinte um assassinato de um adestrador de cães na praça da republica, e suscetivas noticias todos os anos de ataques desse grupo, que nada tem haver com a cultura musical dos anos 70 como disse o colega ai abaixo. Realmente, meu comentário foi MUITO infeliz, e para não me igualar a estrela ai da noticia que pertence a tal grupo preconceituoso, (SIM), peço desculpas. mas continuo com a opinião que esse garoto é um desorientado, e "despersonalizado".
henrique 28/07/2011 16:55
henrique 28/07/2011 16:55
que vá para o inferno esse babaca vagabundo !!!
ex punk28/07/2011 10:33
ex punk28/07/2011 10:33
Como é que o cara me entra numa gang de homofóbicos sendo gay? (gang sim por que quem sai na rua agredindo os outros em grupo é ganguista) se tu gosta de Ska (ritmo jamaicano q mistura regae e hardkore) curte teu ska mas ñ saia na rua inventando moda!!! temos que acabar com estes monstros intolerantes ñ se identificar com eles, usando as mesma roupas e atitudes !!!! se vc gósta de movimentos de contra cultura, entre para o movimento Punk, que luta pela igualdade e pela liberdade dos póvos desde que surjiu na decada de 70, eu vivi o movimento Punk na decada de 90, morei em squat e tive um namorado Punk também e a comunidae Punk se orgulhava de ter um casal gay no meio deles, ja os Skins Carécas sempre foram uma gang extremista nazista. (não use suspensórios com cuturno e cabeça raspada) e se vc ver alguém assim desconfie e denuncie, é assim que eles se véstem!
sóbrio28/07/2011 9:24
sóbrio28/07/2011 9:24
bom dia,gostaria muito de conhecer esse rapaz que se chama Danilo.Quero parabenizar pela coragem e determinação. Equipe do mundo mais,por favor pela sua competência conceda-me me comunicar com esse jovem.Meu interesse é apenas me comunicar e parabenizar. Aqui esta meu msn: antoniosobrio@hotmail.com espero resposta pelo meu e-mail que é o mesmo que do msn. grande abraço Obs: não me deixa sem resposta,confio na competência dessa equipe.
Para Júnior28/07/2011 9:18
Para Júnior28/07/2011 9:18
Tudo bem Jr que o " a cultura skin" tenha surgido nos anos 70, mas esse sentimento poético ficou naquela época, o que importa é o hoje, e hoje, os skinheads estão matando pessoas por pura maldade, seja por ignorância, ou falta de conhecimento seja o que for, portanto não se faz necessário fazer uma pesquisa dos anos 70 e 80 para ver que o mal está ai e quer se expandir. Esse tipo de atitude deve ser reprimida com altivez.
Para ALFM28/07/2011 9:07
Para ALFM28/07/2011 9:07
Os neonazistas tupiniquíns que aparecem na televisão são SUDESTINOS meu caro amigo virtual, para a sua falta de informação, as misturas entre povos não ocorreram só na região Sudeste nem Sul do Brasil não, na região Nordeste também existe, porém acredito que a sua falta de conhecimento no assunto se dar por conta da sua falta de dinheiro por não conhecer outros lugares, por isso tem uma cultura tão limitada, aconselhe-o que se intere mais do assunto quando for tentar dar alguma opinião. Ahh, a propósito, você não pode classificar o seu lugar como maioria branca, pois o Brasil é estatisticamente formado por mais de 50% da população de negros e pardos(o que não é uma desonra para ninguém, só para uma cabecinha doente como a sua), vá se tratar amigunho.
Tchê que magnífica reportagem! Torcia pelo dia em que um skinhead gay falasse de como é ser gay e viver a cultura skin. Para os menos esclarecidos aqui no site recomendo vocês a PESQUISAREM primeiro o que é o movimento Skinhead e todas as suas facetas. Porque acho muito fácil vir aqui no site e julgar o guri como vagabundo, idiota, contraditório,etc sem realmente conhecer a cultura no qual ele está inserido. A onze anos atrás na espoca do colégio fiz um trabalho sobre tribos urbanas e o meu era sobre os Skinheads, eu escolhi, pois sou negro e queria descer o pau nessa cultura que eu julgava desprezível. Porem descobri que o movimento skinhead nasceu na união da música negra o Ska e os brancos ingleses, não tinha nada de racista nisso, aliás, pelo contrário era um movimento anti-racista, anti-facista. Entretanto como em todas as culturas e classes sempre tem coisa ruim, nos anos 70 e 80 surgiu os boneheads(skinhead white power) e os hammerskins, subdivisões do movimento skinhead que por influencias políticas são os grupos racistas. No contexto geral a maioria dos Skinheads são do BEM, são dos grupos S.H.A.R.P (abreviatura de Skinheads Against Racial Prejudice, em português: skinheads contra o preconceito racial) e R.A.S.H (abreviação de Red and Anarchist Skinheads, em português: skinheads comunistas e anarquistas) , fora os skins trojan, os F.A.H.S e outros, que pregam o bem, curtem a vida a maneira deles, porém respeitam o próximo e ao eles mesmos. Agora meus amigos vamos pensar juntos, o que vende mais:Vincular todo o crime de ódio a uma subcultura que infelizmente possui 2 ou 3 grupos racistas, ou esclarecer a população que essa mesma subcultura possui várias ramificações sendo que a maioria prega a tolerância entre as pessoas? O que a mídia faz com o movimento Skinhead é o mesmo que ela faz com todos os Gays, faz manchete as más atitudes de alguns e esquece que a maioria não age daquela maneira, instigando assim o preconceito às pessoas que segue aquele estilo de vida. Para mais informações sobre o movimento Skin vai na wikipédia já ajuda a conhecer a coisa toda e ver que não é assim como parece ser. Quanto ao Danilo parabéns por se expor e por tentar mudar a má impressão que se tem do movimento todo. Espero que mais Skins do bem venham a tentar mudar essa imagem do movimento que ta manchada por causa dos retardados dos que se dizem Skin e na verdade são animais indignos de serem chamados de seres humanos.
Julian28/07/2011 1:25
Julian28/07/2011 1:25
Eu conheço bem essa cena d roqueiros, punks e skins... mesmo pq já frequentei.... e acho q se perdermos um minito de nosso dia pra pesquisar e se informar as coisas vingarão! deixa o cara independente de trabalhar ou não... essa é sua ideologia... mas não é preciso prejudicar ngm....
ALFM27/07/2011 19:38
ALFM27/07/2011 19:38
Ainda estou abobalhado com a nota, rsrs Eu ja acho o cumulo quando aparece na televisão aqueles mamelucos nordestinos que vem pra SP e entram em grupos Neonazistas, Skinhead; Normalmente são desorientados, com pouco conhecimento, que a genética fez nascer com um cabelo ou olho mais claro que da maior parte da população por aqui. MAIS patético que um NE , Brasileiro, se considerar hegemônico, é um gay falar que é skinhead!!!
MATHEWS VASCONCELLOS-BHTE27/07/2011 19:35
MATHEWS VASCONCELLOS-BHTE27/07/2011 19:35
CADA GRANDE CAPITAL COM SUAS MALUQUISES. MAS SAO PAULO SEM OFENDER,GANHA NESSE MUNDO VIOLENTO QUANTO AS DIFERENÇAS,E VEJA QUE EH EXATAMENTE SAO PAULO QUE CONVIVEM COM PESSOAS DE VARIAS CULTURAS DIFERENTES. ERA PARA SE TER RESPEITO. PAULISTAS,PAREM COM CERTAS IGNORANCIAS QUE NAO LEVAM A NADA,A NAO SER O AUMENTO DO ODIO PESSOAL POR NAO TER AUTO-ESTIMA.
ALFM27/07/2011 19:35
ALFM27/07/2011 19:35
Cada uma que me aparece, já é algo totalmente sem sentido skinheads brasileiro, (????) Skinhead, brasileiro e gay; Nunca ouvi algo tão absurdamente ridículo. Estilo de roupa não define caráter nem atitude. Um gay, brasileiro que se auto intitula skinhead pouco sabe de história, atualidades... Alem de ser patético. Acho aceitável os puks (gays ou não), é atitude relacionada a um gosto musical e tal, mais respeitável. Agora o gay e as duas lésbicas skin pelo amor... falta do que fazer!!! falta de conhecimento, falta de personalidade, falta de atitude, falta de tudo enfim!!!
Junior- Tatuapé - SP27/07/2011 19:28
Junior- Tatuapé - SP27/07/2011 19:28
Olha me desculpe mas eu nao sei se dar para confiar porque para mim "skinshead" chama-se Morte para nós gays, negros, nordestinos, japoneses enfim eles querem acabar com todos que nao seja da tal raça deles, enfim me desculpe mas Gente cuidado só falo isso..Nao dar para confiar em uma pessoa que se diz que é SkinHead nao neunazista..pelo amor de Deus eu acho que as autoridades que prender todos esses vermes. A vida é para todos independente de quem seja, não um filho da puta de um louco que depois de SECULOS ainda quer seguir Hitler..por favor ainda em nosso país onde todas as culturas estao juntas. Por favor. Pensem Gente e CUIDADO.
Sensato27/07/2011 16:28
Sensato27/07/2011 16:28
Vai trabalhar vagabundo!
ian27/07/2011 13:58
ian27/07/2011 13:58
Skinhead, punk....isso p mim é todo adjetivo p VAGABUNDO DESOCUPADO! Quem trabalha, estuda, rala p ter uma vida digna nesse país em q somos assaltados por impostos abusivos o tempo todo...não tem tempo p ficar c vagabundagem na rua não.
ursos27/07/2011 13:11
ursos27/07/2011 13:11
boa tarde! danilo e vc muito jovem e tranquilo pode ajudar e carinho. Pois evitar não fala GAY nada as pessoas e tem odeio matar gays frageis . Danilo melhor da paz descansa . A familia amava muito e danilo cuide bem. Pessoas e grosso nao sabe respeita e relaxado e pressa. Eu abraço danilo e nao tem preconceito gosto muito gay e carinho sua vida . abraço fico com deus ilumine caminho jesus ama danilo valeu...
olha com tanto ataque ocorrendo , não dá prá confiar , eu tenho medo só de olhar prá qualquer marca SS , tenho pavor , agora se cada um respeitasse o espaço do outro , talvés esse mundo de merda pudesse ser outro , onde todos convivesse com a diferença que é a minoria (em termos) pois na minha opinião , essa historia de rotulação é besteira , homo , hetero, bi , tri , penta , exa afff , somo seres humanos , sou homem que sente atração pelo mesmo sexo não nescessariamente todos os homens , e fico estafado quando alguem me rotula , acho ridiculo isso , eu nao sou obrigado a ser da forma que a sociedade hipocrita acha que é o certo , mas , voltando ao assunto , DANILO SEJA FELIZ DA MANEIRA QUE ACHA CERTO , OLHA PRA MIM TAMBEM É DIFICIL EU CURTO ROCK IN ROLL E A MAIORIA DOS GAYS SO CURTEM MUSICA ELETRONICA , FICO COMPLETAMENTE DESLOCADO COM POUQUISSIMOS COLEGAS E FICO EM CASA SEMPRE POIS NEM UM GUETO GLS ME ATRAI , NEM POR ISSO SOU COMO O SEGUIMENTO CONVENCIONAL, ESPERO QUE UM DIA TODAS AS TRIBUS POSSAM VIVER EM UNIÃO CADA UM RESPEITANDO O ESPAÇO DO OUTRO.
Macho Rec27/07/2011 12:12
Macho Rec27/07/2011 12:12
E desde quando skinhead é cultura, prefiro classificar como subcultura, esses caras são muito hipócritas, adoram hitler, um viadão enrrustido que fodia com os guardas da SS fazia verdaderas orgias, ele e alguns generais do füher, que eram conhecidos como fräulein(senhorita em alemão). Atualmente nos deparamos com um bando de cafuçu metido a nórdico,semianalfabetos que não sabem nem o porquê da luta deles, importando essa subcultura só para prejudicar os outros, eles deveriam ser banidos da face da terra, se esse país fosse mais sério se instaurava o A5 novamente(por uma causa justa nesse caso), para caçar esses skinheads e esses carecas tupiniquins. VIVA ZAPATA.....
Paulinho BSB27/07/2011 11:41
Paulinho BSB27/07/2011 11:41
Excelente atitude, a deles. São corajosos e de boa cabeça. Mesmo sendo parte de um grupo também vítima de preconceitos, mas onde muitos são preconceituos, tiveram atitude de ação para inclusão e transformação positiva. Gente assim sabe como é bom ser amado e admirado por praticar o bem. Eu gostaria de ver o fim de todo o tipo de preconceito.
ALEX27/07/2011 10:54
ALEX27/07/2011 10:54
FALTOU O "R" NO NEGROS.
ALEX27/07/2011 10:53
ALEX27/07/2011 10:53
Cultura? meu conhecimento de Skinheads, é outro. Não são eles que tambem veneram Hitler? que descriminam nordestinos? negos? punks? e os GAYS?. Pra mim skinheads e neonazistas é mesma coisa! To errado? huum, enfim...
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

LEIA TAMBÉM
LEIA MAIS
23/07/2014 NOTíCIAS » Ator pornô Bruno Knight é preso em aeroporto com drogas no ânus.
23/07/2014 NOTíCIAS » Klebber Toledo sobre personagem gay em Império: Não sou amante, sou a inspiração!
22/07/2014 NOTíCIAS » Como podemos (e devemos) agir diante de uma traição? Descubra!
22/07/2014 CINEMA » Pai da computação (e gay) ganha filme em que mostra genialidade na 2ª Guerra Mundial.
21/07/2014 NOTíCIAS » Marcelo Adnet faz sátira e exibe primeiro beijo hétero em novela gay.
21/07/2014 NOTíCIAS » Modelo canadense chama atenção pelo belo corpo e rosto tatuados. Vem ver!
18/07/2014 NOTíCIAS » Macedônia aprova lei que proíbe o casamento gay.
18/07/2014 SAúDE » Entenda como o aeróbico em jejum (AEJ) pode ajudá-lo a emagrecer.
Twitter
Facebook
© Copyright 2013 MundoMais. Todos os direitos reservados.